Jornal Meio Dia
Menu Dropdown Horizontal - Linha de Código




Ação integrada entre as polícias paulista e mineira leva a prisão de assassino de agricultor

2018-11-02



Em uma ação conjunta entre Policiais Militares e Polícias Civis de MG e SP, o policiamento de Bicicleta de Ribeirão Preto/SP, subsidiado pelo policiamento rodoviário, prendeu na tarde desta quinta(01), o suspeito de matar e incendiar o corpo de um agricultor encontrado anteontem em Patrapolis/MG.

Policias desconfiaram do suspeito que tentava desesperadamente embarcar em um ônibus. Era inclusive sabido que o suspeito teria se queimado ao incendiar o corpo da vítima.

Os Policiais questionaram BC de 29 anos, mesmo tentando dissuadir os polícias com o envio do mandado de prisão ficou claro a participação dele no evento. Era inegável dado às queimaduras que ele possui nos braços, informou um dos PMs.

O autor de maneira fria confessou o delito. Não demonstrou se quer arrependimento. Fato este que chamou a atenção dos PMs que fizeram a prisão do assassino.

Ficou claro que através de aplicativo de mensagens o agricultor foi atraído para um falso encontro e nesse momento foi morto.

Ele será recambiado para a cidade de Pratápolis onde permanecerá à disposição da justiça.

Relembre o caso

O corpo do agricultor José Adão Araújo, de 55 anos, foi encontrado parcialmente carbonizado na manhã de ontem (31), entre Passos e Furnas (MG).

José desapareceu na última sexta-feira (26). O carro dele, com placas de Itaú de Minas (MG), foi encontrado carbonizado no sábado (27) em uma estrada rural do município. Um morador que passava pelo local viu o veículo em chamas e chamou a polícia. O carro estava abandonado e não havia nenhum sinal do agricultor.

Araújo havia saído de Bom Jesus da Penha (MG), onde mora sozinho e ia para Pratápolis quando desapareceu. Segundo a filha dele, o homem teria passado na casa de parentes em Itaú de Minas e contou que seguia de carro para Pratápolis para encontrar uma mulher que ele havia conhecido nas redes sociais. Ele chegou a mostrar a foto da mulher para a família.

O Jornal Meio Dia parabeniza o grupo de policiais pelo whatsApp "Juntos Somos Mais Fortes", que graças ao empenho de policiais civis e militares da região de Mococa (São Paulo/Minas Gerais) foi possível esclarecer este crime, como outros que já aconteceram.

Que seja constante essa belíssima integração capaz de elucidar crimes e levar segurança a população de bem. 

Fonte: G1
https://www.facebook.com/paraiso24h/



Comentários



[voltar]    

Publicidade




























• Canais
   Notícias
   Policial
   Culinária
   Vídeos


• Serviços
   Empregos
   Denúncias
   Anunciantes
   Classificados


• Redes Sociais
   Facebook I
   Facebook II



• Expediente
   Jornal Meio Dia
   Fale Conosco


© 2014 Jornal Meio Dia