Jornal Meio Dia




Homem de 30 anos confessa que atirou no próprio irmão, mas diz que disparo foi acidental

2021-12-21



O autor do homicídio do “Léo do Pastel” se apresentou à Polícia Civil com o advogado Dr. Orestes Mazieiro nesta segunda-feira (20) e, após ser ouvido, foi liberado. Segundo o delegado Mauro Bacci, o homem de 30 anos confessou que atirou, mas disse que o disparo foi acidental ao tentar se defender de uma luta corporal com o irmão de 41 anos, que foi atingido no rosto e no abdômen.

O crime

O crime aconteceu no bairro Cohab 2 na noite de sábado (18). A vítima foi levada para o Pronto-Socorro de Mococa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de domingo (19).

De acordo com o delegado, o irmão que atirou disse que estava em uma reunião de família quando a vítima chegou alterada devido ao uso de drogas e fazendo ameaças, inclusive à mãe. Ele teria saído e voltado armado, momento em que houve o desentendimento entre ambos e os disparos.

Ainda de acordo com o delegado, o irmão disse em depoimento que a arma era da vítima. A pistola 380 foi encontrada pela Polícia Militar na tarde de domingo na casa onde aconteceu o crime.

A Polícia Civil instaurou um inquérito e agora aguarda os resultados de laudos para confrontar com o depoimento do atirador.

Arma foi apreendida pela Polícia Militar no dia seguinte ao crime (Fotos: Jornal Meio Dia)

 


 



Comentários



[voltar]    

Publicidade






















• Canais
   Notícias
   Policial
   Vídeos


• Redes Sociais
   Facebook
   Instagram



• Expediente
   Jornal Meio Dia
   contato@jornalmeiodia.com.br


© 2020 Jornal Meio Dia